Criciúma - Santa Catarina|terça-feira, julho 7, 2020
Você está em: Home » Famílias » Osmar de Menezes e Maria Pereira
  • Siga-nos

Osmar de Menezes e Maria Pereira 

Osmar de Menezes nasceu no dia 12 de setembro de 1930, em Imarui, SC. Filho de Braulino de Menezes.

Osmar viveu em Imaruí  até os 18 anos, junto com os pais. Neste período, a família vivia da pesca e da agricultura. Naquela época o meio de transporte era muito precário e um dos meios mais utilizado era a canoa. Quando precisavam ir até Laguna, a canoa era o melhor meio de transporte.

Contava o Osmar, que numa ocasião, teve que levar uma mulher grávida, perto de dar à luz, de canoa para Laguna. No meio do percurso, as dores apareceram e o parto foi feito na embarcação.

Enquanto viveu em Imaruí, a família vivia da pesca e da agricultura. Sempre tinha peixe e farinha de mandioca. Vida simples, sofrida, mas nunca faltava o sustento.

Em busca de maiores oportunidades, assim que atingiu a maioridade, veio para a Mina Tonin, onde já se encontrava o seu irmão Walmy. A intenção era trabalhar na mina. Como ainda não tinha a idade para trabalhar no subsolo, ficou na superfície. Ao completar a idade de 21 anos, passou a trabalhar na puxada, embaixo da mina.

Com 15 anos de trabalho no subsolo da mina, atingiu o tempo suficiente para se aposentar por idade. A aposentadoria se deu aos 36 anos de idade.

Enquanto trabalhava no Tonin, conheceu a Maria Pereira, filha de Irineu Pereira, responsável pela mineração. O namoro de Osmar e Maria durou apenas 17 dias, quando se casaram na igreja de Cocal do Sul. Após o casamento, o casal continuou morando na Mina Tonin, em residência de sai propriedade. Na localidade da Mina Tonin, nasceram os seus dois primeiros filhos: Volnei e Vanderlei.

Depois do nascimento do segundo filho, Osmar com a família, veio morar em São Simão, na residência onde hoje mora o Rogério Menezes, filho do seu irmão Walmy. Em São Simão nasceram os seguintes filhos: Valmir, Valmor, Otília, Itamar, Osmar.

Ao completar o tempo de mina – 15 anos de subsolo – Osmar requereu a aposentadoria. Vendeu a sua propriedade para o sogro, Irineu, e foi morar na Pedreira, hoje município do Balneário Rincão. Nesta localidade, Osmar tinha uma grande área de terra. A terra era ocupada para o plantio de mandioca, para produzir farinha no engenho de sua propriedade. O produto era vendido na região.

Entretanto, a paixão principal do Osmar era pesca artesanal no mar. Três ou quatro dia por semana, encilhava o seu cavalo na carroça, abastecida de comida e dos equipamentos de pesca e ia para o mar pescar.

Na Pedreira a família se completou com o nascimento dos outros filhos: Maria Aparecida, Raimundo e o Rogério (gêmeos). Ao todo o casal Osmar e Maria tiveram 12 filhos.

Em 1976, Osmar retornou para morar em São Simão, mais precisamente, onde hoje está localizada a AABB. O motivo principal da vinda da família, foi busca de maiores oportunidades de emprego para os filhos, que já estavam na idade de trabalhar.

A propriedade era de seu cunhado, Alcebíades (Bide) Teixeira. Nesta propriedade produzia alimentos e animais, principalmente, vaca de leite.

Em 1982, o cunhado vendeu a propriedade para o Banco do Brasil instalar a Associação. Osmar, então adquiriu um terreno em São Simão, onde residiu até o seu falecimento e hoje mora a sua esposa.

Durante as horas vagas o passatempo de Osmar era jogar bola de pau, baralho e dominó, com os amigos no antigo botico da Igreja. Sempre que tinha alguma reunião para buscar melhorias para o Bairro, Osmar sempre se fazia presente e apoiava todas as iniciativas.

Aos 52 anos, Osmar foi à Porto Alegre, fazer uma cirurgia no coração e não resistiu à mesma, vindo a falecer.

Maria Pereira

Filha de Irineu Pereira e de Dotina Rosa, nasceu em Urussanga Velha, na época município de Içara, em 03 de dezembro de 1932. Até os 17 anos sempre acompanhou o seu pai, nas diversas localidade onde morou. Depois da casada, passou a residir com o seu esposo, Osmar.

Trabalhou muito tempo como escolhedeira de carvão, tanto na Mina Tonin, como na Mina da Poeira. Quando ia levar café para o Osmar, enquanto ele tomava café, pegava na picareta e ia cortar a rafa, para adiantar o serviço.

Quando Osmar retornou da Pedreira e veio morar em São Simão, Maria foi trabalhar como costureira na empresa do Miro Cripa, em Criciúma. Com o trabalho de costureira, conseguiu se aposentar. A partir desta data, dedicou-se apenas ao lar.

Maria sempre foi participante do Clube de Mães. Hoje, Maria, ainda reside em São Simão, com 86 anos de idade.

DESCENDÊNCIA DE OSMAR DE MENEZES E MARIA PEREIRA

  1. Volnei, casado com Berenice Acauã. Filhos: Guilherme, Felipe e Caroline.
  2. Vanderlei, solteiro.
  3. Valmir, casado com Eliane Della Bruna. Filhos: Alan.
  4. Valmor, casado com Carla Cinthia. Filhos: Iago
  5. Donatília, casada com Luceval. Filhos: Lucas, Luan, Tainara e Talita.
  6. Itamar, casado com Eliana Faustino.
  7. Osmar, casado com Eliana Mendes. Filhos: Fernando e Lucas.
  8. Maria Aparecida, casada com Zalmir Maxiniliano. Filhos:
  9. Raimundo, casado com Gorete.
  10. Rogério, solteiro, falecido.
  11. Vanilda, solteira, falecida.
  12. Ivete, solteira, falecida.

(Informações e fotos fornecidas por Valmor de Menezes)

Adicione um comentário